Ata da reunião de 11 de setembro de 2013

Às 8,30  horas do dia onze de setembro de dois mil e treze, reuniram-se os membros da Academia Paranaense de Letras, no restaurante do SENAC,  desta capital, para seu habitual café-da-manhã, sob a presidência da confreira Chloris Casagrande Justen, demais membros e convidados, para o cumprimento da pauta que serviu à convocação. Aberta a reunião foi composta a mesa, integrada pelo Secretário da Cultura, Paulino Viapiana e pela professora Wanda Camargo, da Unibrasil. Lido o credo pelo consócio Antonio Celso Mendes a presidente agradeceu e saudou a presença dos convidados e pediu licença para inverter a parte dos trabalhos, e instaurar desde logo o procedimento de abertura da vaga da cadeira de nº 16, ocupada até então pelo acadêmico Alceo Ariosto Bocchino, recentemente falecido. Aprovada a declaração de vacância, determinou a presidente à esta  secretaria a expedição e divulgação do edital de inscrição e  preenchimento da mencionada cadeira, válido até o final do  dia 24 do corrente, nos termos regimentais. Ao ensejo, o colega René Dotti pediu a palavra e encaminhou à mesa a inscrição do Maestro Paulo Torres, com apoio de sete (07) membros efetivos, acompanhado de um resumo de sua biografia, a manifestação do seu assentimento e sua disposição de integrar nossa Academia. Na sequência, e, em nome desta Casa de Letras, o colega saudou os convidados, secretário Paulino Viapina e a professora Wanda Camargo, exaltando a contribuição do Estado do Paraná para a história cultural e social do nosso país, a despeito dos preconceitos que ainda ocorrem sob a alegação do nosso isolacionismo e de nossa congênita timidez. Dando prosseguimento, a palavra foi concedida ao secretário Paulino Viapina, que fez ampla exposição do empenho especial do Governo e as providências que vem adotando para poder dotar a Academia de  sede própria e localizá-la finalmente no prédio Belvedere, do centro da cidade. Aproveitando o ensejo fez também um retrospecto do programa que o governo vem realizando no terreno cultural, em todo o Estado.  A seguir a professora Wanda Camargo cumprimentou a Academia pela promoção da Semana de História e seus os projetos dos Cursos de História  e Literatura do Paraná. Confirmou o grande interesses que esses trabalhos despertaram  entre os professores de sua Universidade, todos eles dispostos a colaborar.Prosseguindo a presidente suspendeu a sessão, permitindo que os convidados se retirassem, transmitindo-lhes os agradecimentos da Casa. Retomando os trabalhos, a reunião passou a ser objeto de diversos temas, que ocuparam o interesse do plenário, como voltou-se a  tratar da eleição e provimento  da cadeira n. 16, bem como a organização dos programas de História e Literatura do Paraná e as providências que deveriam ser adotadas para a realização de uma futura Reunião das Academias em Curitiba. Com a participação do plenário, a presidente compôs  a comissão encarregada de tratar junto ao governo, da doação da nova sede da Academia, integrada então pelos acadêmicos René Dotti, Albino Freire, Ário Dergint, Eduardo Virmond  e Ney José de Freitas. Ainda ocuparam a tribuna os acadêmicos Ney de Freitas e Cecília Hell, ele para comunicar sua aposentaria junto ao Tribunal do Trabalho, e poder dispor de maior tempo para servir à Academia; ela para comunicar o lançamento da biografia do seu pai, Vieira Neto e louvar a qualidade da última edição da revista acadêmica. Ao final, o acadêmico Ernani Straube exortou a necessidade de se proceder à revisão e atualização dos nossos estatutos. Assim, cumprida a pauta, a senhora presidente encerrou a sessão, com agradecimentos gerais.

Chloris Casagrande Justen – Presidente

Rui Cavallin Pinto – Secretário

Luís Guilherme Bergamini Mendes, administrador do site da APL, é Engenheiro de Computação formado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Mantém o site da APL desde 2001.

Publicado em Atas