Ata da reunião do dia 9 de novembro de 2012

Às  nove (09) horas do dia nove (09) de novembro de dois mil e doze (2.012), cumprindo  convocação da presidência, reuniram-se os membros da Academia Paranaense de Letras, nas dependências do restaurante do SENAC,  na rua André de Barros,  750, desta  cidade, sob a presidência do acadêmico Eduardo Rocha Virmond e a presença dos membros constantes da lista de presença. Abertos os trabalhos, foi confiado ao consócio René Dotti a leitura do Credo Acadêmico, acompanhada pelos presentes. Dando sequência, o presidente cumprimentou a  colega Adélia  Woellner  pelo lança mento do seu livro Coleção Tagarela, no que foi secundado pelo acadêmico René Dotti, louivando sua contribuição para a literatura infantil. O presidente ainda alongou seus cumprimentos, homenageando  o Ministro Ayres Brito, do STF, pela sua aposentadoria e o  destaque revelado no desempenhou da sua vida judiciária e na sua função  na alta cúpula da justiça brasileira. Seguiu-se  com a palavra a confreira Chloris  Justen rendendo homenagens ao presidente Virmond no exercício da presidência, mas  lamentou a dificuldade que temnfrentado para fazer incluir a disciplina da História  do Paraná nos currículos  escolares do Estado. Igualmente, foi louvado o artigo de Belmiro Castor Valverde publicado na imprensa , em defesa do Museu Geológico e Paleontológico do Parque de Vila Velha e o esquecimento a que se acha relegado seu criador, o geólogo  João José Bigarella, a despeito de sua contribuição para o estudo geológico do nosso estado e a preservação de nossa memória arqueológica. À exposição e debate intervieram diversos membros  presentes, culminando com a proposta do acadêmico Ernani Buchmann no sentido de ser atribuída uma das vagas da Academia, a João José Bigarella, especialmente a do falecido colega Metry Bacila, como uma das formas de homenageá-lo. A sugestão mereceu acolhida do plenário,  que, por aclamação lhe atribuiu a cadeira n. 22, ocupada, até então, pelo colega Metry Bacila. Outrossim, prosseguindo, o presidente comunicou a ocorrência de outras três  vagas, das quais duas delas seriam abertas: sejam a dea n. 5, antes ocupada por Leopoldo Scherner, e a de n. 14, de José Carlos Veiga Lopes. As vagas estarão abertas até 19 do corrente, às 17 horas, mediante proposta subscrita por quatro acadêmicos, no Centro Paranaense Feminino de Cultura. O presidente ainda comunicou que os escritores Paulo Venturini e Guido Viaro, pretendentes às vagas ofeecidas, já encaminharam exemplares de suas produções literárias. O presidente concluiu dando conhecimento do seu propósito de promover um almoço ou jantar de confraternização da Academia, em data a ser agendada, bem como, diante dos últimos meses finais do seu mandato,   gostaria de contar com a participação da confreira Chloris Justen na presidência, para a  nova gestão, em face de sua experiência administrativa e participação na vida e no papel cultural da Academia. A sessão foi então encerrada, com agradecimento a todos os presentes.

Eduardo Rocha Virmond  Presidente

Rui Cavallin Pinto – Secretário-Geral

Luís Guilherme Bergamini Mendes, administrador do site da APL, é Engenheiro de Computação formado pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Mantém o site da APL desde 2001.