Academia Mourãoense de Letras realizou eleição

A Academia Mourãoense de Letras realizou eleição nesta quarta-feira, 13, em sua sede na Estação da Luz, para preencher a cadeira 24. Ela foi disputada por duas candidaturas. A eleição foi realizada em dois turnos e por não atingir a maioria absoluta de votos, novo edital deverá ser aberto. A nova eleição deve ocorrer no final de junho.

O edital estabelece que para alguém se candidatar deve encaminhar currículo, que comprove residência por mais de dois anos em Campo Mourão e que possuam pelo menos uma obra literária publicada ou que tenham publicado, em forma de livro, trabalho relevante de pesquisa nas áreas de língua e literatura. As candidaturas devem ser apresentadas através de correspondência encaminhada pelo candidato a AML. No ato da inscrição, o candidato vai assinar um termo, concordando com os direitos e deveres estabelecidos pelo estatuto. Após o término do prazo de apresentação de candidaturas, será instituída uma comissão para avaliação das candidaturas, que vai emitir parecer e submeterá os nomes para a eleição.

A AML é constituída por 40 membros que são considerados imortais, ou seja, ele somente abre vaga para um novo integrante depois de morrer ou renunciar. E, ainda assim, seu nome fica eternizado como ocupante de uma cadeira na Academia. Para escolher novos integrantes quando uma vaga fica aberta, todos os membros participam de uma votação secreta.