ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 12 DE ABRIL DE 2017

Aos doze dias do mês de abril de dois mil e dezessete, no 2º andar das instalações do SENAC, à rua André de Barros, 750, realizou-se mais uma reunião mensal ordinária da Academia Paranaense de Letras, sob a presidência de Ernani Lopes Buchmann, estando presentes os seguintes acadêmicos: Eduardo Rocha Virmond, Chloris Casagrande Justen, Cecília Maria Vieira Helm, Nilson Monteiro, Clemente Ivo Juliatto, Ricardo Pasquini,  Adélia Maria Woellner,  Renê Ariel Dotti, Dante Mendonça, Leo de Almeida Neves, Ario Taborda Dergint, Flávio Arns, Maria José Justino e Marta Morais da Costa. Foram justificadas as ausências dos acadêmicos Paulo Torres, Darci Piana, Carneiro Neto e Albino Freire. Na abertura da sessão, a acadêmica Adélia Woellner leu o Credo Acadêmico. De imediato, passou-se à pauta da reunião. Leia mais ›

Publicado em Atas

DEUS: UMA INVENÇÃO?

RENÉ GIRARD, pensador católico francês (1923-2015), indagado sobre a realidade de Deus como uma invenção humana, prontamente respondeu pela negativa, com base em sua crença cristã e em sua epistemologia mimética. Não obstante, o que esta teoria do conhecimento quer dizer? Ora, justamente o fato de que tudo o que o ser humano compreende, é, no final, apenas uma abstração, tendo  por base, porém, suas condições primárias de embasamento. Leia mais ›

Publicado em Artigos

O TRIUNFO DA MEDIOCRIDADE

Para o advogado americano Leo Loevinger quase todas as pessoas admitem que não são tão bonitas. Outras reconhecem que não são tão sadias como aparentam. Com freqüência as pessoas se desculpam de falhas de memória. Entretanto, nenhuma confessa que não é, ou já não é mais bem-dotada de inteligência ou que se ressentem de alguma dificuldade de raciocínio.

Mas, no mesmo sentido, vejo também, que a maioria das estantes das livrarias estão hoje ocupadas com livros de auto-ajuda ou que prometem dotar nossa inteligência de   mais luzes e poder para ganhar mais alcance e lucidez. E assim é que cada vez mais, de um lado ou outro, aumenta o contingente dos interessados em promover ou incrementar suas qualidades de inteligência, e surgem cursos e professores que prometem nos dotar de maior força de raciocínio e qualidade de entendimento. É claro que parte disso tudo é culpa de um mundo moderno e com as tantas complexidades que a vida acrescenta a cada dia. Penso até, que embora hoje em dia a vida média seja mais longa, as pessoas envelhecem mais cedo, diante da dificuldade de se adaptarem às inovações de um mundo em constante renovação, com isso temos que nos submeter a um constante up date, capaz de nos conservar sempre atuais. Leia mais ›

Publicado em Artigos

J. CARLOS E A ARTE DO DESIGNER GRÁFICO

Quando a Editora Nova Fronteira publicou, em 1985, a vida e a arte do caricaturista J. Carlos, com texto de Álvaro Cotrim (Alvarus), a obra foi saudada como um verdadeiro sopro de vida nas artes plásticas do nosso país, que, de há muito, se ressentia de uma paupérrima bibliografia sobre a vida e a arte da ilustração em nosso país.

Vejo agora, 30 anos depois, que o Instituto Moreira Salles, do qual é um dos seus entusiastas e curador Cássio Loredano, se serviu novamente do chargista para estrear, na sua sede carioca, uma ampla mostra dos seus trabalhos, com o título: J. Carlos: Originais.  Leia mais ›

Publicado em Artigos

ESPÍRITO QUÂNTICO

Meu eu, espírito virtual

Estranho ao material

Tem forte luminescência

Indicando transcendência

 

Espírito, eterno  pulsar do  Universo

É partícula em reverso

Refluindo o caos do disperso

 

Percepções em abstrato

Refletindo o substrato

De sua origem divina

Como milagre que  ilumina

 

Acadêmico Antonio Celso Mendes

Publicado em Geral